Curriculum ou Currículo?

Existem muitas dúvidas em relação ao uso das palavrs Curriculum ou Currículo. Qual forma está correta e qual forma está errada? As duas formas de escrita estão certas? Neste texto explicaremos o que é um currículo, o conteúdo dele e finalizamos explicando a diferença entre curriculum e currículo.

Curriculum ou Currículo?

O que é um currículo?

Muitas pessoas estão pesquisando sobre como arranjar seu novo emprego e acabam achando a palavra “currículo”. Mas do que se trata ele?

O currículo é utilizado no mercado de trabalho para mostrar o histórico da vida e das experiências profissionais de alguém para um contratante que pode selecionar ou não a pessoa, de acordo com o conteúdo desse currículo.

Dessa maneira, o currículo deve conter apenas as informações objetivas e necessárias, além de ser redigido com a norma culta da língua portuguesa. Explicaremos mais para frente o que se deve ou não colocar em um currículo.

Além disso, é sempre bom fazer um currículo específico para a área na qual ele será submetido. Assim o contratante observará seu currículo com uma maior positividade.

Qual deve ser o conteúdo de um currículo?

Por ser um documento que conta bastante na primeira impressão de quem está lendo, é necessário colocar apenas informações relevantes e importantes para o contratante.

Currículo

Informações essenciais como nome completo, idade, telefone residencial e telefone celular, endereço e cidade são coisas que jamais podem faltar dentro de um currículo. Essas informações são necessárias para que o contratante entre em contato com você e lhe ofereça a vaga requisitada.

Dentro do currículo, não basta apenas se dizer interessado em uma vaga e apenas isso. Você precisa colocar seus objetivos, conquistas, experiências profissionais, qualificações e formações acadêmicas dentro dele. Os objetivos devem ser direcionados à área na qual você submeteu o currículo para o contratante entender o que você almeja.

Na parte de formações acadêmicas, você precisa mostrar sua escolaridade completa. Ensino superior ou médio completo e especificar a data e a instituição na qual você completou o curso.

Além de tudo isso, é importante destacar a fluência em idiomas estrangeiros. Ter fluência no Inglês ou no Espanhol, por exemplo, é um motivo para se considerar diferenciado e muitas vezes causa uma ótima impressão no leitor do currículo. Apesar disso, é necessário ter ética e não mentir nessa parte do currículo já que, no caso de uma seleção para entrevista de emprego, o contratante pode fazer testes em relação à fluência nos idiomas citados no currículo.

Na parte de experiências e qualificações profissionais, o candidato deve colocar todos os empregos anteriores e experiências que trouxeram conhecimentos positivos em relação à competências em certas áreas. Além disso, especificamente sobre as qualificações, é sempre bom citar cursos e certificados nos quais o candidato participou ao longo da história profissional ou acadêmica.

Os conhecimentos adicionais também podem ser acrescentados ao currículo como competências relacionadas à informática. O conhecimento e compreensão na utilização de programas como Word e PowerPoint podem ser relevantes ao contratante, se a área for mais administrativa.

Para finalizar, citaremos algumas dicas sobre o que evitar de colocar em um currículo. As fotos, por exemplo, podem ser evitadas. Elas são extremamente raras de serem requisitadas e costumam ser pedidas somente em casos que a beleza afeta o trabalho. Dados pessoais de parentes como nome da mãe e do pai são totalmente dispensáveis e devem ser evitados de estar no conteúdo de um currículo.

Entendido o que deve ou não estar dentro de um currículo, podemos explicar detalhadamente qual a diferença entre curriculum e currículo, conforme dito no primeiro parágrafo desse texto.

Curriculum ou Currículo?

Diante tantas dúvidas sobre a maneira correta de se referir ao currículo, ou melhor, curriculum vitae, essa postagem explicará qual a diferença entre os dois termos.

As duas formas de escrever estão corretas. A palavra currículo se refere à maneira “aportuguesada” da palavra em latim curriculum e exprime exatamente o mesmo significado.

O termo curriculum é uma palavra usada na expressão curriculum vitae e significa exatamente o mesmo que currículo: um documento que contém um histórico profissional e acadêmico de um indivíduo que está a procura de uma vaga de emprego.

Entretanto, deve-se tomar cuidado para não misturar a expressão curriculum vitae com o termo em português “currículo”. As duas formas estão corretas, mas escrever “currículo vitae” está errado. E lembre-se: toda vez que escrever curriculum ou outras palavras em latim como vitae, escreva grafado em itálico, sublinhado ou até mesmo em negrito.

Leave a Reply