Tipos de Currículo

Existem inúmeras vagas de emprego no Brasil e no mundo, cada uma com suas especialidades e pedidos únicos. Da mesma forma, existem vários tipos de currículos que variam os seus usos: alguns priorizam uma certa informação, outros priorizam o design e por aí vai. Temos vários tipos de currículo e neste artigo mostraremos os principais tipos, suas funções e explicaremos a diferença entre cada um deles. Mas, antes de tudo isso, precisamos definir o que é um currículo para então falarmos sobre seus tipos e diferenças.

Tipos de Currículo

O que é um currículo?

Você pode pensar que um currículo é, em suma, um histórico acadêmico e profissional de alguém. Pense em qualquer parente seu e faça a pergunta: por quantas experiências de vida essa pessoa já passou e quais seriam relevantes para essa pessoa realizar uma determinada função? Ora, uma pessoa que costuma jogar bastante xadrez e tem um bom histórico em torneios é uma ótima candidata a trabalhar com o xadrez, por exemplo. Da mesma forma que esse exemplo, uma pessoa com um bom histórico em um mercado de trabalho pode ser contratada facilmente e arranjará uma vaga rapidamente por se destacar.

Pensando nisso, um currículo deve ter apenas informações objetivas, informativas e verídicas que causem boas impressões em quem lerá ele, neste caso, o contratante. Definido o conceito de currículo, podemos citar os principais tipos de currículo e exemplificar cada um deles, mostrando suas funções e como eles são.

Quais são os tipos de currículos?

Existem três tipos principais de currículos e estes são:

  • O currículo cronológico que prioriza a cronologia, ou seja, mostra desde a experiência mais antiga até a mais recente na ordem a fim de mostrar o avanço e a evolução da pessoa na carreira profissional;
  • O currículo funcional/temático que funciona pela separação por temas, ou seja, prioriza um conhecimento rápido sobre suas experiências em determinados assuntos sem de fato organizá-los cronologicamente;
  • O currículo combinado é a junção dos dois anteriores, ou seja, procura organizar as experiências por temas e então organizá-las por datas.

Para um maior entendimento, cada um dos tipos de currículo serão explicados detalhadamente a fim de tirar todas as dúvidas relacionadas a eles.

Currículo cronológico

Esse tipo procura priorizar a informação pela sua cronologia, ou seja, pela data, passando pela primeira experiência profissional até a mais recente. A estratégia desse currículo é mostrar para o contratante como o candidato evoluiu ao longo do tempo e ressaltar o crescimento linear da carreira deste.

Currículo Cronológico

O principal ponto positivo é a estratégia dele: mostrar a evolução do candidato de maneira linear a fim de dizer que ele pode crescer ainda mais com a sua contratação. Um ponto negativo é que se você ficou parado por um tempo ou desempregado, é possível deduzir através da ordem cronológica das experiências profissionais e pode pesar um pouco para o lado negativo pelo contratante. No entanto, a estratégia central deste currículo, se for bem utilizada, pode te trazer ótimos resultados.

Currículo funcional/temático

Diferentemente do currículo cronológico, o currículo funcional/temático busca distribuir as experiências através de temas. Por conta disso, esse tipo de currículo aumenta a rapidez na leitura e no entendimento das formações e experiências em um certo mercado de trabalho.

Tipos de Currículos

A ideia deste currículo é mostrar que, apesar da falta de cronologia entre os trabalhos, existem habilidades e competências nas quais você tem e que podem ser extremamente diferenciais na hora de ser contratado. Além disso, a estratégia desse currículo é esconder os períodos de desemprego a fim de diminuir a influência negativa disso sobre o contratante.

Por um lado positivo esse tipo centraliza e procura priorizar todas as habilidades e competências suas mas, infelizmente, limita a descrição sobre seus trabalhos e “esconde” informações cronológicas sobre os empregos passados.

Currículo combinado

O terceiro tipo e último é o currículo combinado no qual o próprio nome já diz: ele é combinado, ou seja, a junção entre o currículo cronológico e o currículo funcional/temático. A partir disso ele procura pegar os pontos positivos entre organizar as experiências cronologicamente e por temas, tentando encaixar as duas formas de organização em um mesmo currículo.

O ponto positivo é que você destaca tudo ao mesmo tempo. No entanto, muitos ainda não aceitam currículos menos tradicionais e, por isso, ainda existe um ponto positivo nesse tipo de currículo.

Mostramos aqui todos os três tipos de currículo com o intuito de auxiliar você, leitor, a selecionar o melhor tipo de currículo para você. Se você é alguém que quer mostrar sua evolução na experiência profissional, opte por um currículo cronológico. Se procura exaltar suas competências e habilidades escolha um currículo funcional/temático. E, se quiser um equilíbrio entre essas duas opções, procure fazer um currículo combinado. Então finalizamos o texto deixando na sua mão, leitor, a escolha entre essas três opções de currículo.

Leave a Reply